TEORIA DA CONTABILIDADE

13/06/2010

Questionário

Arquivado em: Teoria da Contabilidade — paulamendonca @ 11:30

Olá, tudo bem?! Segue abaixo o questionário, ou FAQ (Frenquently Asked Questions). Espero que seja útil.

Obrigada.

Paula M.

1) O que é Teoria da Contabilidade?

(…) Consideramos assim justificados o entendimento de teoria da contabilidade como uma explicação abrangente ou conhecimento sistematizado da contabilidade, considerando esta como “a expressão, medida e análise de fenômenos e situações patrimoniais.”

2) Qual o desafio da Contabilidade?

A capacidade de capturar, primeiro, a ocorrência dos eventos econômicos que impactam em um determinado estado de riqueza, depois a de precificá-lo e, por último, de comunicar seus efeitos.

3) Em quais disciplinas a Contabilidade se apóia?

Direito, Economia, os Métodos Quantitativos e a Ciência da Informação.

4) Como era conhecida a Contabilidade antes de ciência?

Como um completo sistema de escrituração, que foi evoluindo de acordo com a necessidade de acompanhar a evolução do patrimônio das organizações e de controlar sua riquezas, ou seja, o “espírito capitalista”.

5) Qual outra civilização teve forte influência sobre a Contabilidade? E por quê?

Os árabes, pois iniciaram a utilização do conceito do zero e toda a lógica aritmética e algébrica, bem como o sistema numérico arábico.

6) Quem levou para o continente europeu as experiências e os conhecimentos adquiridos pelos árabes?

Leonardo Fibonacci, que em 1202 escreveu o precursor dos livros de escrituração, o “Líber Abaci”, popularizando também o sistema numérico arábico na Europa.

7) Segundo o artigo “Contabilidade: Aspectos Relevantes da Epopéia de sua Evolução”, a partir do final do século XVIII, houve um motivo que provocou mudança significativa na complexidade da Contabilidade. Qual foi?

Tal motivo foi o surgimento do gestor da empresa, ou gerente, como agente separado do proprietário, o que foi acentuado no século XX, quando surgiram as grandes organizações societárias. Essa separação de papéis acabou por determinar o (re)surgimento da Contabilidade Gerencial, que se desvincula da Financeira.

8) Qual a diferença entre a Teoria Normativa e a Teoria Positiva, na Contabilidade?

A Teoria Normativa apoiada no método dedutivo, faz hipóteses sobre o universo contábil e deriva prescrições de como a Contabilidade  deveria proceder  para maximizar a utilidade de informação para os variados tipos de usuários. Já a Teoria Positiva, foca aspectos mais restritos da fenomenologia contábil, estabelece hipóteses e testa através de métodos quantitativos, quase sempre, procurando entender o mundo contábil como ele é, por quê é e não como deveria ser. O ponto que as

9) Qual a diferença do Regime de Caixa e do Regime de Competência?

Regime de Caixa é o regime contábil que apropria as receitas e despesas no período de seu recebimento ou pagamento, respectivamente, independentemente do momento em que são realizadas.

A regra geral é a seguinte:

a) A despesa só é considerada Despesa Incorrida quando for paga, independente do momento que esta foi realizada. O que considera aqui é o momento que foi paga.

b) A receita só é considerada Receita Ganha quando for recebida, independente do momento que esta foi realizada. O que considera aqui é o momento que foi recebida.

Regime de Competência (do inglês accrual-basis) é o que apropria receitas e despesas ao período de sua realização, independentemente do efetivo recebimento das receitas ou do pagamento das despesas.

10) Qual é o objeto e o objetivo da Contabilidade?

O objeto da Contabilidade é o patrimônio, o contexto formal da estrutura patrimonial que vai se alterando à medida em que ocorrem variações nos eventos contábeis. Já os objetivos(o que fazer, aonde chegar) são registrar essas variações, transmitir de forma inteligível as informações aos usuários da Contabilidade, de acordo com suas necessidades.

11) Como é a comunicação entre os usuários da Contabilidade?

Existe uma necessidade de comunicação clara entre o transmissor e o receptor das informações contábeis, na qual o usuário entenda claramente o que a linguagem contábil quer transmitir. Contudo, os estudos nessa área da Semiótica Contábil ainda estão sendo desenvolvidos, não há nada conclusivo por enquanto.

12) Para que a Contabilidade se torne um modelo de validade avaliador do desempenho de uma entidade, o que é necessário?

É preciso que o contador vá além da equação patrimonial e introduza em seus trabalhos as noções de valor, de custo de oportunidade, de valor do dinheiro no tempo, ou seja, que ele aprofunde a análise dos elementos patrimoniais.

13) O que é o patrimônio, objeto de estudo da Contabilidade?

Definido como um conjunto de bens, direitos e de obrigações para com terceiros, pertencente a uma pessoa física, a um conjunto de pessoas, como ocorre nas sociedades informais, ou a uma sociedade ou instituição de qualquer natureza, independentemente da sua finalidade, que pode, ou não, incluir o lucro.

14) O conhecimento contábil sobre o patrimônio é estático ou dinâmico?

A Contabilidade e seu objeto estão em constante desenvolvimento, como, aliás, ocorre nas demais ciências em relação aos respectivos objetos. Por esta razão, deve-se aceitar como natural o fato da existência de possíveis componentes do patrimônio cuja apreensão ou avaliação se apresenta difícil ou inviável em determinado momento.

15) Qual a diferença entre o enfoque econômico e o enfoque financeiro?

O adjetivo “econômico” é empregado para designar o processo de formação de resultado, isto é, as mutações quantitativo-qualitativas do patrimônio, as que alteram o valor do Patrimônio Líquido, para mais ou para menos, corretamente conhecidas como “receitas” e “despesas”. Os aspectos qualificados como “financeiros” concernem, em última instância, aos fluxos de caixa.

Referências:

Hernâni O. Carqueja Teoria da Contabilidade – Uma interpretação. Revista de Estudos Politécnicos / Polytechnical Studies Review, 2007, Vol IV, n.° 7, 007-040

Iudícibus, Sergio.Martins, Eliseu.Carvalho, L.Nelson. Contabilidade: Aspectos Relevantes da Epopéia de sua Evolução. R. Cont. Fin.-USP São Paulo, nº 38 p. 7-19, Maio-Ago 2005

Resolução 774 Conselho Federal de Contabilidade

About these ads

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Silver is the New Black. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: